Quem inventou o Chimarrão? Saiba aqui!

l
21 de janeiro de 2022
quem inventou o chimarrão

Descobrir quem inventou o Chimarrão é objetivo dos apreciadores e iniciantes desta bebida.

Assim, vale conhecer os fatos que permeiam o consumo da erva-mate quente.

No sul do Brasil é difícil encontrar alguém que nunca experimentou o Chimarrão.

A bebida que é servida numa cuia e sorvida por uma bomba/bombilha, também faz parte dos costumes e tradições de países como Uruguai, Paraguai e Argentina.

Nas próximas linhas você vai conhecer as origens, como se tornou tão popular nessa parte da América do Sul e quem inventou o Chimarrão.

Quem inventou o Chimarrão?

A dúvida mais comum entre os consumidores da erva-mate e sobre quem inventou o Chimarrão.

Decerto, o consumo da erva-mate está vinculado aos primeiros habitantes da região sul das Américas, mais precisamente a área habitada pelos povos Guaranis.

Essa etnia indígena ocupou boa parte do território brasileiro, como também de outros países como Argentina, Bolívia e Paraguai.

Sem dúvida, é dos povos primitivos que mais contribuiu na construção da identidade do Brasil.

Assim, é possível afirmar que na lista de quem inventou essa bebida, os Guaranis estão presentes.

Foram eles que apresentaram o mate ao Jesuítas, que posteriormente difundiram o consumo entre os colonizadores.

Mas, inicialmente esse intercâmbio não foi tão simples.

Os mesmos propagadores chegaram a condenar a infusão da erva-mate, apelidando-a jocosamente de erva do diabo.

Depois de condenar o consumo da bebida, os mesmos padres jesuítas, a partir do século 17, passam a estimular a ingestão do mate amargo.

Agora os religiosos viam no Chimarrão uma maneira de distanciar as pessoas das bebidas alcoólicas.

Assim, já no século seguinte, muitos cronistas que seguiam os locais habitados pelos gaúchos, relatam o costume de servir mate quente às visitas.

Conforme conta nossa história, no período colonial as “missões jesuíticas” se concentraram no que é hoje a região centro-sul do país.

Hábitos como o consumo de Chimarrão, se consolidou em estados como Paraná, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

Os itens para consumir a bebida continuam basicamente os mesmos:

  • Cuia de porongo – Atualmente são produzidas peças de outros materiais. Elas podem ser personalizadas, o que contribuem aproximar o hábito de matear entre os mais jovens
  • Bomba – Antes feita a partir do bambu, hoje é possível encontrar bombas elaboradas com ligas de outro, dentre outros materiais
  • Erva-mate – É parte fundamental do costume. No entanto, você consegue uma variação de mate, do típico amargo até ervas misturadas que oferecem outros sabores.

quem inventou o chimarrão

Origem do nome Chimarrão

Dentre os fatos curiosos no processo, o surgimento do nome é sem dúvida bem interessante.

Segundo o dicionário da língua portuguesa Houaiss, a datação do vocábulo é de 1870 e sua etimologia é ligada à palavra cimarrón.

Esta tem origem espanhola, e servia para nomear animais selvagens que não podiam ser domesticados, e até mesmo os escravos fugitivos.

A relação com o gosto amargo e aparência bruta da infusão do mate, fez com que os colonizadores passassem a nomear a bebida com tal expressão, até sua evolução para o verbete Chimarrão.

Os gaúchos, peões que se espalhavam nos pampas, se tornaram as figuras mais ligadas ao consumo do mate, e de certa forma, levaram adiante a tradição.

Por outro lado, vale dizer que na tradição espanhola, a bebida também é nomeada de compãnero.

Mesmo que não se possa afirmar, uma coisa é unânime, o hábito de consumir a bebida é aglutinador.

Só para ilustrar, ainda em suas origens, a erva-mate era tida como símbolo de entendimento.

Todas as reuniões, inclusive aquelas tensas que poderiam culminar em conflitos, eram brindadas com a cuia do Chimarrão.

Esses brindes não eram feitos por cuias individuais, pelo contrário, no século 19, o mate era compartilhado em uma única cuia, para confirmar seu símbolo de apaziguador e fraterno.

Entretanto, essa Roda do Chimarrão foi se transformando ao longo dos anos. Contudo, não se distanciando dessa intenção de unir pessoas.

Hoje vemos cuias de muitos modelos, bombas que facilitam o ato de sorver, variações da erva-mate, mas a sensação relaxante e de comunhão se mantém.

Esses são os pontos que indicam, de forma breve, quem inventou o Chimarrão.

Acompanhe nosso blog e fique sempre informado!

Comentários

Leia também

Cadastre-se e receba conteúdo VIP! 

8 + 3 =