Origem do Chimarrão – Cultura e Tradição

l
14 de abril de 2020

O Chimarrão está presente em muitas regiões do país. Conhecer a origem do chimarrão e sua tradição, também está associada a troca relativa de conhecimentos culturais.

Fique por dentro de todo o conteúdo que preparamos sobre essa tradição sulista, enquanto toma uma cuia.

O que é o Chimarrão?

É provável que você saiba, o chimarrão é a bebida típica na região Sul da América do Sul. Tendo sido originada das culturas de indígenas, como os guaranis, aimará, quechua e caingangue.

Basicamente o chimarrão consiste em uma cuia, bomba e a erva-mate moída e água quente, aproximadamente 70°C.

Conheça alguns de nossos produtos…

Os índios costumavam beber o chimarrão no Tacuapi, uma bomba criada por eles a partir da taquara. Depois de um tempo os colonizadores criaram utensílios de apreciação ao mate. A partir disso, os ricos inventaram a cuia de prata, ouro e porcelana.

Leia também: Posso Reaproveitar a Erva Mate Vários Dias?

Origem do Chimarrão

Como já citado no início do texto, a origem do chimarrão é indígena. Em seus rituais comunitários era muito comum beberem chá de erva-mate.

Depois com a chegada dos europeus esse costume também foi adotado por eles. Hoje é bastante comum, sendo consumida pelos sulistas, considerada como hospitalidade.

 

Cultura

O mate é consumido no Rio Grande do Sul, passando a ser parte da cultura e identidade da região. Para você imaginar a importância, existe um dia exclusivo de celebração do mate. Também reconhecido como o Dia Estadual do Chimarrão, celebrado no dia 24 de abril.

A maioria dos sulistas recebem os visitantes em suas casas com sua cuia de chimarrão. Pois é um costume parecido com os dos nossos pais e avós de oferecer café.

A única diferença é no modo de preparo, onde eles não costumam deixar a água em um estado fervente. Pois pode queimar a boca dos visitantes e deixar com um gosto amargo. Dessa maneira é comum, os donos da casa prepararem a bebida tradicionalmente. Sendo assim deixam a água esquentar um pouco, enquanto montam a cuia.

Seu consumo é tão comum nessa região que passou a fazer parte de diversos convívios em sociedade. Aliás seja em reunião informal ou então após um churrasco, essa confraternização recebe o nome de “Roda de Chimarrão”.

 

Importância do Mate aos gaúchos

O Mate é bastante importante nessa região do país. Se tornando um símbolo de reconhecimento e orgulho, atraindo turistas para experimentarem essa bebida. Um exemplo de sua importância, é comparar o hábito de comer queijo em Minas Gerais ou acarajé no Salvador.

O destaque é tão grande nessa região, que existem diversos eventos e locais criados para a enaltecer. Um exemplo é a Feira do Chimarrão em Venâncio Aires.

Inclusive, algo bem comum são as pessoas dispostas a conhecer mais sobre essa cultura. Pois existe a rota do chimarrão, reunindo as tradições comuns dos gaúchos.

Portanto, trata-se da bebida cultural, repassando a ideia de união entre amigos, familiares e afins. Resgata o prestígio da erva na região sul do país, ainda mais quando acompanhada de boa música gaúcha.

Então vamos formar uma Roda de Chimarrão e colocar o papo em dia? Só não esqueça de passar a cuia adiante.

Leia também: 15 Benefícios do Chimarrão para a Saúde

Comentários

Leia também

Cadastre-se e receba conteúdo VIP! 

10 + 15 =