Existe erva mate descafeinada? Qual a diferença entre ela e a tradicional?

l
3 de junho de 2022
erva mate descafeinada

A erva mate descafeinada é uma opção para muita gente, mas será que é possível encontrar essa versão?

Se sim, o sabor do Chimarrão e do Tereré altera?

Quem tem problemas como labirintite e insônia não se dá bem com o consumo de cafeína.

Essa é uma substância estimulante, que se ingerida em excesso, pode agravar tais distúrbios.

Assim, muitos apreciadores do mate que sofrem essas dificuldades fisiológicas, buscam maneiras saudáveis para não deixar de curtir o Chimarrão e/ou Tereré.

Conheça abaixo, as opções de erva mate descafeinada e se ele se assemelha a erva tradicional.

Erva mate descafeinada existe mesmo?

Sim! No Uruguai foi desenvolvida uma espécie de erva mate descafeinada com 9 vezes menos concentração de cafeína.

Além disso, a planta tem melhor valor nutricional, nela estão presentes um maior número de polifenóis e de substâncias antioxidantes.

Na verdade, estão sendo cultivadas duas espécies de erva mate com menos cafeína:

  • Ilex Dumosa
  • Ilex Paraguariensis.

Elas estão sendo comercializadas já a algum tempo e têm sido aceitas pelo mercado brasileiro, por quem tem restrições ao consumo de cafeína.

Essa inovação no setor agrícola é oriunda de estudos realizados no Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), instituição do Uruguai.

O centro de pesquisa fica na região fronteiriça com o Brasil e lá se desenvolvem muitas versões do mate.

O objetivo é que os produtores do vegetal cultivem espécimes saudáveis e com qualidade.

As inovações uruguaias são bem conhecidas, recentemente, eles criaram a erva-mate com Canabidiol.

A versão tem benefícios que vão desde a capacidade anti-inflamatória até o aumento da função neuroprotetora.

Por enquanto, não há nenhuma fábrica brasileira de destaque na produção dessa erva mate, existem muitos importadores do produto aqui no país.

Você pode comprar a erva mate sem cafeína pela internet ou numa casa especializada, em pacotes de 500 gramas a 1 quilo.

Aqui no Brasil muitos centros de pesquisa, também, procuram soluções para alterar a concentração desse estimulante presente no mate.

É o caso da Escola Politécnica Eduardo Cassel do Rio Grande do Sul, que realiza estudos para reduzir os níveis da cafeína da erva-mate usada para Chimarrão e Tereré.

erva mate descafeinada

Outras opções de erva-mate com pouca cafeína

Além de erva mate de origem uruguaia, no mercado nacional é possível encontrar versões bem saudáveis.

Atualmente, quem gosta do Chimarrão ou Tereré encontra o mate sem a adição do açúcar e de cultivo orgânico, por exemplo, sendo uma boa opção para dietas que necessitam de menos calorias.

Quando se compara o café com a erva mate a presença da cafeína na primeira bebida é 13 vezes maior.

O assunto foi abordado na revista Super Interessante que entrevistou a especialista em nutrição Deborah Markowicz (pesquisadora da USP), ela alega que “O teor de cafeína, tanto no café como no mate, varia em função de vários fatores.”

Desse modo, a erva-mate já é uma saída para pessoas que precisam do estimulante natural em suas rotinas.

A dica básica é não exagerar, e evitar o matear horas antes de dormir, por exemplo.

A boa notícia é que existe a erva mate descafeinada e se você não quer deixar de lado o Tereré ou Chimarrão, pode aproveitar essa versão.

Quer conferir opções de erva mate e acessórios para seu Chimarrão e Tereré? Dá uma olhada na nossa lojinha online, clicando aqui!

Acompanhe nosso blog para conferir mais conteúdos como esse!

Comentários

Leia também

Cadastre-se e receba conteúdo VIP! 

7 + 10 =